Asia Bibi: Rezem por mim

No Paquistão, cada vez mais, os Cristãos são discriminados nos seus locais de trabalho, são fortemente pressionados para abandonar a sua fé, há cada vez mais ataques ao seu modo de vida e, pior que tudo, estes ataques e ameaças são cada vez mais violentos. É urgente intervir e apoiar os Cristãos nesse país onde, apesar de todo o sofrimento, a Igreja está a crescer rapidamente.

Há cerca de três anos a Fundação AIS divulgou a história impressionante de Asia Bibi e, desde essa altura, muitas têm sido as pessoas que perguntam pela sua situação. Neste Natal, a carta que dirigiu ao Papa Francisco não deixou ninguém indiferente.

É uma carta pequena, em que Asia Bibi, injustamente condenada à morte por blasfémia, desabafa com o Santo padre e lhe pede as suas orações. É uma carta em que revela também o enorme sofrimento a que tem sido sujeita na cadeia, já lá vão mais de quatro anos, e que agora foi tornada pública…

20140114153645_Carta_Asia_Bibi_ao_Papa_Francisco

Neste momento, Asia Bibi continua a pedir orações a todos os homens de boa-vontade. E, como ela, milhares de homens e mulheres vítimas da intolerância religiosa de que as acusações de blasfémia são normalmente expressão contam com o nosso apoio e oração!

A fundação AIS propõe uma corrente de oração! Vê aqui mais detalhes.


Comentários

comentários

Outras Notícias
© Copyright - Juventude-Patriarcado de Lisboa Desenvolvido por Pixelminds | Communicating Brands