CDPJ – Desafios para o ano jubilar

No Conselho Diocesano da Pastoral Juvenil (CDPJ) que se realizou no passado dia 10 de outubro, em Lisboa, e que permitiu dar a conhecer as atividades para o novo ano pastoral, D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa, propôs sete “desafios pastorais” aos responsáveis juvenis.

texto e fotos por Serviço da Juventude

De entre as Vigararias e Movimentos presentes na Diocese de Lisboa, o Conselho Diocesano da Pastoral Juvenil (CDPJ) reuniu mais de 25 representes. Na tarde do passado sábado, 10 de outubro, os responsáveis juvenis reuniram-se para partilhar as principais atividades dos seus grupos para o novo ano pastoral. A ocasião foi aproveitada para a apresentação das atividades propostas pelo Serviço da Juventude, com especial enfoque na participação dos jovens de Lisboa na Jornada Mundial da Juventude, que se realiza no próximo mês de julho, em Cracóvia, Polónia.
O encontro contou com a presença de D. Joaquim Mendes, Bispo Auxiliar de Lisboa, que propôs uma reflexão sobre o Ano Santo da Misericórdia. Na intervenção, D. Joaquim Mendes propôs sete desafios para o ano jubilar que se aproxima, no âmbito da pastoral juvenil: “1) Aprofundamento do conhecimento de Deus, Pai de misericórdia, do seu rosto e do seu coração, mostrados, revelados em Nosso Senhor Jesus Cristo, através da lectio divina das parábolas da misericórdia; 2) Aprofundamento do Sacramento da Penitência do ponto de vista doutrinal, litúrgico, experiencial; 3) Exercitar a misericórdia: aprender a não julgar e a não condenar; a perdoar e a dar amor e perdão sem medida; 4) Testemunhar a misericórdia numa sociedade profundamente marcada pela violência e conflitualidade verbal e física, e pela indiferença, insensibilidade, frieza, dureza de coração, falta de humanidade, e pela cultura do “descarte” e pela marginalização; 5) Ajudar os jovens, caminhando com eles, a descobrirem e a experimentarem a beleza da misericórdia de Deus que cura, liberta, recria, renova, faz viver, é fonte de novas relações, de solidariedade, de fraternidade, de um mundo novo; 6) Dar a conhecer as obras de misericórdia corporais e espirituais; 7) Levar os jovens a participarem nas iniciativas propostas pela Igreja local, a envolverem-se, a testemunharem a misericórdia e a fazer ver como ela é importante para a construção de uma sociedade melhor, mais humana, mais compreensiva, com mais coração, mais misericordiosa”.

 

Jovens em missão
No CDPJ foram partilhadas as principais atividades que os Movimentos e Vigararias estão a preparar para o novo ano pastoral 2015/2016. Destacamos as seguintes:

  • Retiro para os pais
  • Missão num bairro degradado
  • Reuniões de jovens, em caminho sinodal
  • Jornadas Vicariais da Juventude
  • Visitas de seminaristas a comunidades cristãs
  • Ajuda a pessoas isoladas
  • Peregrinação
  • Encontro de Natal para carenciados
  • Conferências
  • Orações de Taizé
  • Festival da Canção
  • Momentos de oração nas ruas
  • Jornada Penitencial

Comentários

comentários

Outras Notícias
© Copyright - Juventude-Patriarcado de Lisboa Desenvolvido por Pixelminds | Communicating Brands